Economia

Rússia bloqueia site da exchange de criptomoedas OKX

A Rússia anunciou nesta quarta-feira (5) o bloqueio do site oficial da exchange de criptomoedas OKX (antiga OKEx). Esta informação foi revelada através de alguns registros do Roskomnadzor, um regulador de mídia estatal do país.

Segundo os registros do Roskomnadzor, a Rússia realizou o bloqueio do site da OKX a pedido da Procuradoria-Geral da Federação Russa. No entanto, ainda não está claro os motivos e fundamentos destes pedidos.

Além disso, os registros revelaram que o site da OKX foi bloqueado sob o artigo 15.3 da lei federal russa sobre Informação, Tecnologias e Proteção da Informação. Este artigo pede a restrição de sites por vários motivos, incluindo informações falsas e possível ameaça a organizações financeiras ou de crédito.

Como esta decisão afeta a OKX?

Atualmente a OKX é a segunda maior exchange de criptomoedas em volume de negociação, por este motivo existe uma grande preocupação na comunidade sobre qual será o verdadeiro impacto desta decisão.

Entretanto, o bloqueio do site não significa que os russos não possam acessar a plataforma da OKX e realizar transações, até o momento os usuários do país podem usar os serviços da exchange através de redes privadas virtuais ou VPNs.

OKX não é a primeira exchange que sofre este tipo de bloqueios, em setembro de 2020, a Binance também sofreu o bloqueio do seu site na Rússia depois que um tribunal local decidiu que a operadora da exchange estava ajudando a distribuir informações não devidas.

Compartilhar