Categorias Notícias

TVL da Tron sobe 45% ficando em terceiro lugar atrás de ETH e BNB Chain

A rede Tron estava “fora dos holofotes” depois que outros concorrentes do Ethereum, como Polkadot, Solana, e Cardano, atraíram a atenção do mercado. Agora, a rede parece ter “ressurgido” e passou a ocupar a terceira posição em valor total bloqueado (TVL).

Desde sua fundação, a Tron já foi alvo de inúmeras críticas, problemas e controversas. Boa parte delas estava ligada ao seu fundador Justin Sun, uma figura polêmica no mercado cripto e muitas vezes acusado de golpista.

Assim, todo este histórico havia deixado a Tron numa espécie de “banco de reservas” no jogo das criptomoedas, na qual os titulares eram Ethereum, BNB, ADA, SOL e até mesmo a Terra (LUNA).

Porém, o projeto está voltando a ser o centro das atenções do mercado. Afinal, seu TVL subiu 45% nos últimos 30 dias, quando o mercado cripto enfrentou seu pior mês no ano.

De acordo com dados do portal DeFi Llama, a quantidade de fundos bloqueados no Tron aumentou 44,74% no mês passado e 13,36% na semana passada.

TVL da Tron sobe 45%

Como resultado, a Tron ficou em terceiro lugar logo após o Ethereum e BNB Chain. Enquanto isso, a quantidade total de fundos bloqueados em outras blockchains caiu de cerca de 70%.

Segundo analistas, a razão por trás do aumento do TVL da Tron foi o recente lançamento de sua stablecoin algorítmica USDD.

O lançamento da stablecoin foi anunciado em 11 de maio e a USDD foi lançado no Multichain DEX, bem como em várias outras exchanges descentralizadas como PancakeSwap, Uniswap, Ellipsis e SunSwap.

O crescimento do TVL da Tron foi tão expressivo que estava perto de superar o da BNB Chain, já que os dados mostram US$ 5,77 bilhões (Tron) versus US$ 6,94 bilhões (BNB Chain).

No entanto, agora, a diferença aumentou em favor da blockchain da Binance. Seu TVL agora totaliza US$ 8,78 bilhões, enquanto o da Tron está em US$ 5,92 bilhões.

Leia também: Shenzhen vai dar 30 milhões em yuans digitais gratuitos

Leia também: Bitcoin cai 2,65% e fecha nona semana consecutiva de desvalorização

Leia também: Coreia do Sul convoca funcionários da Terraform Labs na investigação de colapso da UST