Tecnologia

Mastercard lança cartões com desenho de NFTs do BAYC

O aplicativo de criptoativos hi anunciou uma parceria com o Mastercard que permitirá aos detentores de NFTs da coleção Bored Ape Yacht Club (BYAC) personalizar o seu cartão com a impressão de seu NFT.

“Não só os cartões NFT parecem incríveis, mas é uma ótima maneira de as pessoas mostrarem a qual comunidade online pertencem”, diz Sean Rach, cofundador da hi.

O cartão de débito hi está disponível em seis variantes com uma série de benefícios. Para ter acesso aos cartões com NFTs impressos é preciso acessar um dos diferentes níveis do cartão. Para aderir é necessário fazer staking do token hi a partir do equivalente a R$ 50.

De acordo com a empresa, os cartões em NFT do Mastercard permite gastar criptoativos em qualquer lugar do mundo que aceite a bandeira. Além disso, oferece cashback de até 10% em itens selecionados.

Mastercard e NFTs

Para ter acesso aos cartões com personalização em NFT é preciso ser um membro Gold da hi. A empresa observa, no entanto, que nem todos os NFTs têm suporte para a personalização.

Podem ser personalizados NFTs das coleções CryptoPunks, Moonbirds, Goblins, Bored Apes e Azukis. Os proprietários de NFT têm que provar que possuem o NFT para solicitar a personalização do cartão, que é emitido pela Moorwand.

“O interesse do consumidor em criptomoedas e NFTs continua a crescer. Dessa forma, estamos comprometidos em torná-los uma opção de pagamento acessível para as comunidades que desejam usá-los. Estamos orgulhosos de trabalhar com a hi para continuar a impulsionar a inovação no mercado”, disse Christian Rau, vice-presidente sênior de habilitação de criptomoedas e fintechs do Mastercard .

Desde 2018 a Mastercard tem se envolvido cada vez mais no mercado de criptoativos. No Brasil, por exemplo, diversas empresas de criptomoedas usam o serviço do Mastercard para oferecer cartões com pagamentos em cripto.

Leia também: ‘Nós defendemos os banqueiros’, diz chefe do BCE, Lagarde sobre criptomoedas

Leia também: Bitcoin pode voltar aos US$ 25 mil? Saiba quais os principais níveis de atenção

Leia também: Bitcoin volta para US$ 18 mil, Ethereum cai e criptomoeda sobe após polêmica. Como está o mercado de criptomoedas hoje?

Compartilhar